sexta-feira, 17 de março de 2017


                                                        Trocando as alianças

Você sabe a origem e tradição da troca das alianças?

Origem: Entre os povos egípcios e hindus e depois foi para levado para Grécia pelo famoso Alexandre o Grande,  então passou a ser usada no dedo anelar da mão esquerda, pois eles, os gregos achavam que tinha uma veia que se conecta com o coração, por isso eles criaram anéis imantados, para que os corações dos noivos permanecessem ligados um ao outro ate que a morte os levassem. Muitas noivas acreditam nisso, porém isso não passa de uma tradição romântica.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016


                                       Devo fazer um ritual durante a minha cerimônia?


Muitas noivas me perguntam sobre as diferente cerimônias que podem ser realizadas no seu casamento: a da caixa e do vinho, a das areias, a celta etc. Todas elas celebram o amor, o companheirismo e dão significado a esse momento tão especial que é o sim no altar e a promessa de ficarem juntos para todo sempre.
Os rituais não são obrigatórios, mas simbolizam um momento muito positivo e inesquecível na cerimônia de casamento. Tornam a cerimônia mais importante, autêntica e real, já que além das promessas de amor proferidas pelo casal, eles chamam atenção dos familiares e amigos e os convidam a também fazer parte.
Eu por experiência, sempre indico aos casais para escolherem um ritual ou incluir momentos de diferentes rituais, que representem alguma coisa para eles, na sua cerimônia. Os simbolismos que eles representam marcam a celebração da união de uma forma única.
Quando nos encontramos eu já sugiro de acordo com o perfil do casal os rituais que mais se adequam à sua cerimônia, levando em conta o local, o horário, a decoração e o perfil do casamento.







sexta-feira, 7 de outubro de 2016

                                                  A dificuldade de escrever os votos

Quando sugerimos que os noivos escrevam os próprios votos, sabemos perfeitamente da dificuldade de transmitir sentimentos, sensações e afeto em palavras. E é ainda mais difícil na frente de dezenas de amigos e familiares em um dos momentos mais emocionantes da vida de vocês!
Para algumas pessoas esse ato não é difícil, as palavras e juras de amor saem de forma fácil, leve e especial.  Enquanto a cerimônia vai acontecendo, momentos do casal vão passando pela sua cabeça e daí vão sendo compartilhados de forma emocionante com todos que estão presente.
Para outras, esse é um momento aterrorizante, o nervosismo as fazem gaguejar, esquecer o que diriam ou falar de forma robótica, sem emoção e paixão, o que na maioria das vezes não são os verdadeiros sentimentos. A dificuldade aqui é expressar na frente de outras pessoas, ou até mesmo “assumir” e falar em voz alta.
Nossa sugestão, caso você sinta um bloqueio criativo, é recitar um poema que os emocione, ou algum trecho de uma música romântica que marque um momento especial de vocês, e no final, termine com tudo o que o seu amor quer ouvir: que você será fiel, que você será leal e que promete muito amor e companheirismo por todos os dias da sua vida!
Lembre-se que desde o início do ano estamos postando às terças dezenas de poemas e poesias de escritores brasileiros e estrangeiros que falam de amor, companheirismo e paixão. Fique à vontade para pegar um deles emprestado ou usá-los para se inspirar.
Mas, se depois dessas dicas você ainda precisar de ajuda, estou disponível a auxiliar meus casais a tornar suas cerimônias momentos únicos e verdadeiros!


quinta-feira, 1 de setembro de 2016


                                          O companheirismo na subida ao altar


Decisões, decisões, decisões: da temida lista de convidados à cor da festa, os noivos são bombardeados a todo momento com inúmeras questões relacionadas ao casamento. E é muito fácil, por mais que o casal se ame, ele discordar em todas ou quase todas as questões, baseados nas referências que cada um possui de uma festa de casamento de sucesso.

É nessa hora que vocês têm que lembrar a importância do companheirismo, vocês devem entender que esse é o primeiro momento dessa nova vida a dois que deverão desenvolver empatia um pelo outro. É importante saber quais são as contratações que importam mais e quais estilos de trabalho chamam mais atenção de cada um.

É muito fácil se estressar e querer impor essa ou aquela contratação, mas sugiro vocês não irem por esse caminho. A festa de casamento deve representar seus gostos individuais e seus gostos como casal, por isso a conversa aberta deve fazer parte de todos os momentos do planejamento. É aí que entra o que chamo de "companheirismo na subida ao altar": o objetivo maior dessa grande festa é celebrar a nova família que vocês estão formando e o amor que vocês sentem um pelo outro, então foquem nisso. Canalizem toda essa energia positiva para construir em conjunto um momento único.

E contem comigo para realizar a cerimônia mais linda que vocês já viram.

Novos: Danielle e Wallace
Foto: Vânia Duarte Fotografia


domingo, 31 de julho de 2016

                                               Conheça a cerimônia celta!

Desde que criei esse blog, o objetivo foi explicar através de textos e matérias mais do nosso trabalho, e no tocante à cerimônia de casamento existem inúmeros rituais que podem ser utilizados no seu casamento!

Não importa a cultura, casamento é sempre um momento de alegria e celebração. Cada um, à sua maneira, organiza uma linda cerimônia a fim de receber seus amigos e familiares. Além do estilo de casamento com o qual estamos mais acostumados, há os mundialmente famosos como o grego, o indiano e o judaico. Mas uma celebração que está caindo no gosto das brasileiras é o casamento celta.

A civilização celta foi uma das mais ricas do mundo antigo e deu origem a diversos povos entre eles estão os belgas e bretões. O lugar em que há mais vestígios dessa civilização é onde hoje está situada a Irlanda. Uma das principais heranças deixadas pelos celtas está ligada ao campo religioso. Há inúmeras divindades que representam elementos da natureza, além de diversos mitos em torno delas.

A cerimônia tem uma característica muito diferente do casamento convencional: por ser inspirada em uma cultura matriarcal é celebrada por uma mulher, uma vez que eram elas as sacerdotisas. Para organizar os preparativos do Casamento Sagrado, como é chamado, é feito um estudo minucioso sobre os noivos. "É por isso que se trata de um evento harmonioso que potencializa a essência do casal".
Toda a cerimônia possui uma estrutura baseada em nove momentos. O início é a entrada do noivo e a espera dele pela noiva no ponto de união, um local demarcado por uma mandala de pétalas. As cerimonias são sempre ao ar livre, pois são regadas a muita energia dos elementos, eles acreditam na força das energias da natureza. Toda cerimônia celta deve ter muito simbolismo e muita reverência a Deus.
Se vocês são um casal ligados à natureza ou que gostam de estar ao livre, esse belo ritual pode ser uma ótima opção para tornar a sua cerimônia romântica e inesquecível.
Caso queiram saber mais, entrem em contato comigo para que eu possa explicar melhor como esse ritual tão antigo pode se encaixar em um casamento nos dias de hoje!

segunda-feira, 11 de julho de 2016

                                                    Bodas de Algodão

Em 14 de junho, comemoramos as Bodas de Algodão da Bruna e do Alexandre!
Há dois anos eu tive o enorme privilégio de organizar o casamento deles, por isso decidi homenageá-los esse ano e saber mais como estão sendo esses dois anos de casados:

Como estão sendo os dois anos de casados?

Os dois anos estão sendo de companheirismo, amizade, paciência e principalmente, um respeitando e conhecendo o limite do outro. Isso é essencial.

Qual é a principal diferença no relacionamento?

A convivência, pois temos que compreender o jeito do outro, tendo sabedoria em “filtrar” o que se deve dar relevância ou não. Porém, é muito bom dormir e acordar com quem ama.

Qual a melhor memória do casamento de vocês?

A melhor memória é a felicidade que sentimos em dividir um momento tão especial com pessoas essenciais em nossas vidas.


O que representou a cerimônia?

A cerimônia representou uma mensagem de união, amor e sabedoria.

Nas fotos abaixo, os noivos poderão relembrar os momentos vividos nessa cerimônia tão especial. Aproveito para agradecer por Deus por tudo e desejo a vocês toda felicidade do mundo.